Faroeste Caboclo – música e filme

de

Domingo é o dia perfeito para curtir um cineminha! Hoje foi dia de assistir Faroeste Caboclo. Para a alegria dos fãs da banda (como eu), René Sampaio, trouxe ao cinema a saga do personagem João do Santo Cristo, criado por Renato Russo em um dos maiores sucessos da Legião Urbana.

A canção “Faroeste Caboclo” foi composta em 1979, na fase da carreira de Renato Russo conhecida como “trovador solitário”, mas acabou fazendo sucesso ao ser incluída no disco “Que País é Este“, lançado pelo 1987. As filmagens da adaptação foram finalizadas em 2011, ano em que deveria estrear, porém problemas com o orçamento para finalização e divulgação causaram o atraso.

Faroeste-Cabloco-posterEstreando dia 30 de maio de 2013, o filme conta com Isis Valverde (Maria Lucia), Felipe Abib (Jeremias) e Fabricio Boliveira (que vive o personagem principal, João de Santo Cristo), além de Antonio Calloni e Marcos Paulo (falecido em novembro de 2012), entre outros.

faroeste_caboclo_cartaz Faroeste-Caboclo-1

SINOPSE: Faroeste Caboclo leva às telas a saga do personagem João do Santo Cristo, cantada por Renato Russo em um dos maiores sucessos da Legião Urbana. O filme conta a história de um brasileiro comum, João do Santo Cristo, que deixa sua cidade natal e se muda para a Brasília em busca de uma vida melhor. Lá, ele encontra a miséria e o crime, mas também descobre o amor nos braços de Maria Lúcia.

Confiram o trailer:

Muitas pessoas perguntaram a minha opinião sobre o filme. Eu gostei muito, realmente! Os responsáveis pela adaptação conseguiram fazer com que eu assistisse o filme lembrando a música de uma maneira gostosa, gratificante e apaixonada. Talvez eu tenha sentido algo especial por ser muito fã de Renato Russo e Legião Urbana, mas acredito que o filme vai agradar a maioria das pessoas. Algumas partes da estória (contada na música) foram suprimidas, mas o filme é uma adaptação, e não uma reprodução integral.

Relembrem aqui a letra e vídeo da música do Legião Urbana.

Beijos,

Fernanda

Comments

comments

Ainda não há comentários.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *